Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 19 de setembro de 2010

Nelson Cavaquinho preferia a companhia de malandros e prostitutas aos artistas de sua época

Contemporâneo de Noel Rosa, Ary Barroso, Lamartine Barbo e outros grandes nomes da MPB e do samba, o compositor estava à margem do mundo desses artistas. Na maior parte das vezes preferia a companhia de malandros, prostitutas e mendigos.

Nelson Cavaquinho começou a compor em plena Era de Ouro do rádio. No entanto, sua obra ficou restrita às mesas de bar, vendidas por poucos mil réis em troca de parcerias. Da boemia da Lapa e da Gávea, e principalmente no Morro da Mangueira, Cavaquinho recebeu influência em suas composições, com destaque para os sambas.

A Era de Ouro do rádio acabou e, nas décadas de 40 e 50, com o aperto da censura sobre as produções culturais e o surgimento da bossa nova, a obra de Cavaquinho passou despercebida. Foi só a partir da década de 60, com o movimento de resgate do samba tradicional pelos bossa-novistas, em meio aos anos de chumbo da ditadura militar, que o compositor teve o merecido reconhecimento.
Fonte: Folha de São Paulo - Coleção Folha Raízes da MPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário